ALTANGRAM - PINTURA - ESCULTURA - FOTOGRAFIA

Contactos

Albuquerque e Lima Lda
Rua Gil Vicente 86A
3000/202 Coimbra

239703359/ 917766093

mamede.albuquerque@gmail.com

Torres Novas

Torres Novas

Torres Novas é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito de Santarémregião Centro e sub-região do Médio Tejo, com cerca de 12 156 habitantes.[3] A cidade de Torres Novas abrange cinco freguesias (Salvador, Santa Maria,Santiago, S.Pedro e mais recentemente Lapas). Pertencia ainda à antiga provínciado Ribatejo, hoje porém sem qualquer significado político-administrativo.

É sede de um município com 270 km² de área e 36 968 habitantes (2008[1]), subdividido em 17 freguesias. O município é limitado a Noroeste pelo município de Ourém, a Leste por TomarVila Nova da Barquinha eEntroncamento, a Sueste pela Golegã, a Sul por Santarém e a Oeste por Alcanena.

O concelho de Torres Novas data do princípio da nacionalidade. Foi conquistado aos mouros por Dom Afonso Henriques em 1148, tendo depois a sua sede recebido foral em 1190, por Dom Sancho I. Este foral foi confirmado mais tarde por outros reis portugueses. Além destes forais, o concelho regia-se também pelos documentos denominados "Foros de Torres Novas", reguladores do seu direito consuetudinário, documentos estes considerados de grande importância para o estudo do municipalismo no nosso país. Até à conquista definitiva pelos cristãos, tanto o castelo como a povoação foram sucessivamente destruídos e reconstruídos. Em Torres Novas realizaram-se duas importantes cortes: a de 1438, reunidas após a morte de Dom Duarte, e as de 1535, em que se assinou o contrato de casamento da Infanta Dona Isabel com Carlos V, Imperador do Sacro Império Romano. Sobre a antiguidade de Torres Novas, apenas se poderá dizer que remonta à denominação romana, pois foram descobertas as ruínas de uma vila romana, a "Vila Cardilium" (residência senhorial).